Desafios sobre o uso eficiente da água marcam primeiro dia da Semana da Água em Piracicaba

Notícias Região Slide

Marcando o Dia Mundial da Água, hoje, terça-feira, 22/03, a Prefeitura de Piracicaba promoveu o primeiro dia da Semana da Água, com o tema Por uma Gestão Compartilhada dos Recursos Hídricos. A programação contou com palestras e roda de conversa no Teatro Municipal Erotídes de Campos, no Engenho Central, e também foi transmitida ao vivo pela página da Prefeitura no Facebook. O evento continua amanhã, quarta-feira, 23/03, às 9h, no mesmo local.

A Prefeitura promove o evento por meio das secretarias municipais de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Agricultura e Abastecimento (Sema) e Semae (Serviço de Água e Esgoto) em parceria com as empresas Mirante e CPFL Paulista.

Durante a abertura do evento, o prefeito Luciano Almeida, que também é presidente do Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí enfatizou a importância da iniciativa visando encontrar soluções para o uso eficiente da água, a partir do diálogo entre poder público, iniciativa privada e a sociedade civil.

“Precisamos nos prevenir para nos antecipar aos problemas hídricos futuros. Na Prefeitura, atuamos em três frentes: o uso consciente e proteção das nascentes nas áreas rurais, a redução das perdas no sistema de abastecimento de água e a reserva de água do rio Corumbataí. Mas precisamos ir além, juntos, para encontrar soluções criativas”, afirma Luciano Almeida.

Abordaram ainda o tema da Semana da Água na abertura do evento os secretários municipais de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Alex Gama Salvaia, e de abastecimento e agricultura (Sema), Nancy Thame; o promotor de justiça e integrante do Gaema (Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente) do MP-SP (Ministério Público do Estado de São Paulo), Ivan Carneiro; o diretor-presidente da Agência das Bacias PCJ, Sergio Razera; o secretário executivo dos Comitês PCJ, André Navarro; o superintendente operacional do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), João Roesner; e o vereador Josef Borges.

Promotor Ivan Carneiro lembrou da implantação do Marco Legal do Saneamento Básico

“Nós estamos em um momento crucial para discussão sobre o tema da água, que é o de implantação do Marco Legal do Saneamento Básico, que estipula metas, como de chegarmos até 2033, preferencialmente, ou até 2040 com 99% de abastecimento público tratado e 90% de esgoto”, comenta Carneiro sobre o contexto do evento Semana da Água deste ano.

PALESTRAS – A jornalista e ativista ambiental Paulina Chamorro abordou em palestra o tema Como Estamos Cuidando do Nosso Planeta?. Paulista chamou a atenção para a importância da preservação e restauração das florestas, em especial a Floresta Amazônica, responsável pelos chamados rios voadores que são essenciais para a formação da chuva na América Latina. “Quando falamos ‘o que eu tenho a ver com a Amazônica ou com o oceano’, gosto de lembrar que tudo interfere no nosso dia-a-dia, no alimento que consumimos, na água que bebemos, no ar que respiramos”, enfatiza a jornalista.

Saulo Aires de Souza, especialista em recursos hídricos da Agência Nacional de Águas e Saneamento (ANA), abordou em sua palestra o tema As Consequências das Mudanças Climáticas e da Crise Hídrica no Cotidiano das Cidades. Souza lembrou que essas consequências, na realidade, já estão presentes no cotidiano da população, citando como exemplo a forte crise hídrica do último inverno. “O principal setor impactado das mudanças climáticas é o de recursos hídricos. Já estamos vivenciando essas mudanças. Tivemos, por exemplo, há pouco, a pior seca da bacia hidrográfica do Paraná, que também abastece Piracicaba, dos últimos 90 anos”, comenta.

A roda de conversa Os Desafios e as alternativas para a Conservação Ambiental, a Agricultura e o Meio Ambiente nos Próximos 30 anos e o Programa por Serviços Ambientais (PSA) fechou o primeiro dia do evento. Participaram dela Nancy Thame, Evelise Moncaio Moda, engenheira agronômica da Sema; Fábio Tades Lazzerini, geólogo e assessor ambiental especialista da Sedema; e Ricardo Ribeiro Rodrigues, professor da Esalq/USP atuando principalmente com ecologia da restauração e ecologia florestal.

Fonte: http://www.piracicaba.sp.gov.br/desafios+sobre+o+uso+eficiente+da+agua+marcam+primeiro+dia+da+semana+da+agua+em+piracicaba.aspx

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.